Vigésimo quarto dia: “Fecham-se as cortinas, termina o espetáculo”

A frase acima é, mais uma vez, do grande Fiori Gigliotti (o mesmo que dizia “O tempo passa!!!”, “Abrem-se as cortinas, começa o espetáculo: bola rolando no tapete verde do Pacaembu!”.

Hoje cedo, levantei-me às 6h, por aí. Não havia arrumado minha mala ainda. A Paloma, excepcionalmente mais disciplinada, arrumou as duas malas dela ontem (duas porque, uma era a que trouxe, a outra era a que trouxe por fora da primeira e está levando de volta, agora cheia, com as “comprinhas” dela.

Eu, de compras, só comprei uns livros (quatro ou cinco), um cartão de memória (de 32 GB — ganhei um de 64 GB da Paloma), e, na última hora, quando fui ao caixa eletrônico retirar uma graninha para os últimos momentos, um “Access Point” da CISCO, para estender o alcance de nossa rede local wifi (uifí, como eles a chamam aqui).

A Paloma se levantou por volta das 9h, depois de ela se acordar eu fiz minha mala, tudo coube direitinho no espaço usado na vinda, depois tomamos banho e nos arrumamos, eu pedi uma pequena extensão na hora do checkout, eu fui tirar um pouco de dinheiro, e, por volta das 13h, fizemos o checkout e chamamos um taxi (grande!).

O taxi  veio, uma perua da Toyota, coube tudo, sem problema, a corrida para o aeroporto ficou em 34 Francos Suíços, mais 2 Sfr por mala, total 40 Sfr, o aeroporto estava um caos, por causa da neve que cai sobre a Europa, que faz com que vôos sejam cancelados…

Espero que o nosso vôo não seja afetado. Dentro da Sala VIP da Star Alliance há tranquilidade, mas lá fora, gente sentada pelo chão, etc. Felizmente passamos batidos por tudo isso, com os cartões “Million Miler Flyer” da United…

O vôo para Zürich anterior ao nosso da Swiss acaba de ser cancelado… Nenhuma palavra sobre o nosso, que sai uma hora depois…  Respondendo à minha indagação, informa-me a recepcionista da sala que o vôo das 14h40 para Zürich foi cancelado porque o avião vinha de Londres e não pode sair de Londres por causa do mal tempo. O nosso vôo, das 15h35, vem de Zürich, e, por enquanto, parece que vai sair de lá sem problema em poucos minutos. A conferir. Vamos torcer, enquanto isso.

Eu já experimentei um Calvados e, agora, experimento um Rhum envelhecido… Para acompanhar, dois sanduichinhos de frango. A Paloma, para variar, tomou dois pratos de sopa…

Está chegando na hora de nosso vôo. Porque pode ser que eu precise fechar esse post rapidamente, vou termina-lo.

Tchau…

Obrigado a todos que nos acompanharam aqui e no Facebook.

Em Genebra, 19 de Janeiro de 2013

Eduardo Chaves

Anúncios
Esse post foi publicado em Suiça. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Vigésimo quarto dia: “Fecham-se as cortinas, termina o espetáculo”

  1. Maria Evelyna disse:

    Bom retorno!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s