Fim de jogo

20 de Janeiro de 2013, 19h30. Estamos de volta em casa. Saímos daqui no dia 26 de Dezembro do ano passado, no começo da noite. Chegamos hoje, no começo da manhã. Ao todo, vinte e quatro dias na Europa, mais o dia de saída e o dia de chegada, em que estivemos no Brasil por boa parte das horas, mas passamos algumas horas no ar…

Durante boa parte da viagem tivemos a deliciosa companhia da Sílvia Klis e do Edson Saggiorato, que saíram um dia depois e voltarem uma semana antes. Os dois são amigos muito queridos, pessoas muito agradáveis e de fácil convivência… E são excelentes e divertidos parceiros de buraco. Herdei a amizade da Sílvia, que conhece a Paloma há muito tempo. Elas trabalharam juntas na Secretaria da Educação de São Bernardo do Campo. E, agora, trabalham juntas no Colégio Visconde de Porto Seguro. E, quando ela começou a namorar o Edson, herdei a amizade dele também. Em Dezembro de 2011 a Sílvia, a filha dela, Marcela, e nós dois (a Paloma e eu) passamos alguns dias juntos em Gramado, assistindo ao Natal de Luz. Naquela ocasião a Sílvia ainda não havia reencontrado o Edson (eles se conhecem há muito tempo) — algo que só aconteceria alguns dias depois, no finzinho do ano (acho que na Véspera do Dia de Ano).

Falando da nossa viagem, ficamos em várias cidades. Chegamos em Zurique mas pegamos o avião quase que imediatamente para Viena. De Viena fomos para Praga, onde encontramos a Sílvia e o Edson e passamos o Réveillon. Depois fomos para Chesky Krumlov, que, acredito, todo mundo achou o ponto alto da viagem.  (A Paloma ficou meio em dúvida depois de ir ao Topo da Europa, a estação de Jungfraujoch, e de conhecer Veneza.) De Chesky Krumlov, fomos para Budapest, de Budapest para Salzburg (a Sílvia e o Edson tendo ficado dois dias em Viena, contando o dia de chegada), de Salzburg viemos para Genebra.

Em Genebra a Sílvia e o Edson ficaram apenas dois dias (contando o dia de chegada). Nós, nove. O plano era voltarmos ontem, dia 18. Mas para simplificar um pouco a nossa vida, conseguimos (pagando uma taxa), mudar nosso retorno para sair de Genebra, e não de Viena, como originalmente previsto. Mas como a taxa para mudar o retorno mantendo a data era muito alta, e se voltássemos no dia seguinte seria apenas 25% do que teríamos de pagar para voltar no mesmo dia (entendam-se as companhias aéreas!), optamos por ficar mais um dia.

Agora sem a Sílvia e o Edson, que foram para a Paris, onde ficaram dois dias, fizemos três viagens importantes, mantendo a base de operações em Genebra, onde deixamos nossas malas e outras tralhas): fomos ao Jungfrau, a Paris e a Veneza. A Paloma já conhecia Paris e, naturalmente, conhecia a Suíça (Zurique e Winterthur), mas não conhecia nem o Jungfrau nem Veneza. Quem leu os relatos dela dessas duas viagens, certamente há de notar a alegria e o entusiasmo dela por essas duas localidades.

Ao todo: Viena, Praga, Cesky Krumlov, Budapest, Salzburg, Genebra, o conjunto de cidadezinhas ao redor do Jungfrau (Lauterbrennen, Kleine Scheidegg, Wengen, Grindelwald…), Paris e Veneza. (Em Zurique só passamos duas vezes pelo aeroporto; em Milão e Verona passamos duas vezes pela estação ferroviária). Nove cidades, se contarmos o Jungfrau e redondezas como uma. Deu uma média de menos de três dias por cidade, mas médias são apenas médias.

Amanhã a Paloma começa a trabalhar… Não terá muito tempo para descansar das férias. Na verdade, nenhum tempo. Férias são coisas deliciosas, mas mesmo quando tudo vai bem, como no nosso caso, elas cansam e dão saudade de casa.

De todos os nossos blogs de viagem, e há inúmeros, este foi o mais longo (porque a viagem foi a mais longa) e aquele no qual mais escrevemos. Também no tocante a fotos, batemos nosso recorde, porque estávamos com duas câmeras boas. Os demais posts do blog são facilmente acessáveis em https://tripeu20122013.wordpress.com e as fotos estão todas disponíveis em álbuns meus e da Paloma nos nossos perfis respectivos no Facebook (http://facebook.com/eduardo.chaves/ e http://facebook.com/palomachaves/.

Queria dizer, por fim, que viajar com a Paloma é uma delícia. Ela é interessada, motivada, entusiasmada pelo que vê, pesquisa de antemão os locais que vamos visitar, tem uma memória espacial e um senso de localização absolutamente fora do comum, lê e compreende com rapidez e facilidade os mapas das cidades e os complexos esquemas de linhas de transportes urbanos (metrôs, trams, ônibus, trens metropolitanos, até mesmo barcos, etc.). É uma navegadora de primeira.

É verdade que, de vez em quando é meio teimosinha… Mas tem razão de ser: dificilmente perde uma teimada.

(Mas ontem perdeu uma… 🙂 Estávamos na loja vendo um Airfryer, que tinha apenas a marca Philips, e ela garantiu que o que havíamos visto em Viena era Philips Walita, como no Brasil. Eu disse que não. Ela tinha tanta certeza que puxou o telefone e foi me mostrar a foto que havia tirado em Viena. A marca era apenas Philips. De vez em quando eu preciso ganhar uma, não é verdade? Caso contrário não teimo mais…).

Desde que passamos a viver juntos, em 6 de Setembro de 2008, a Paloma e eu já fizemos as seguintes viagens para o exterior: Cidade da Guatemala, Buenos Aires e Cidade do Panamá, na América Latina, Estados Unidos (duas vezes, em ambos os casos com as meninas, na primeira passando por Washington, San Francisco e Los Angeles, na segunda, acompanhados  também pelas minhas outras duas filhas, passando por Orlando, Washington, Cortland e Niagara Falls — do lado americano). Fomos uma vez para a África, a Cape Town, na África do Sul. E fomos quatro vezes à Europa. Em três delas, passamos por Portugal e pela Inglaterra. Em duas (incluindo a viagem recém terminada) passamos pela Suiça e pela França. Em uma passamos pela Galizia, no norte da Espanha, noutra pela Alemanha. E, nesta última viagem, passamos também (além da Suiça e da França) pela Áustria, República Checa, Hungria, e Itália.

Em resumo, já visitamos juntos, nesses quatro anos e quatro meses, os seguintes países: Guatemala, Argentina, Panamá, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Inglaterra, França, Suíça, Alemanha, Áustria, República Checa, Hungria, Itália e África do Sul — quinze, ao todo.

Dentro do Brasil já viajamos (fora do Estado de São Paulo) para Amazonas (Manaus), Bahia (Salvador), Distrito Federal, Goiás (Rio Quente, com as meninas), Minas Gerais (Monte Verde e Camanducaia) e Rio Grande do Sul (Gramado, com a Sílvia Klis e a Marcela).

Qual será nossa próxima viagem para fora do nosso estado? Será para o exterior?

Tchau a todos e obrigado por nos acompanharem em nossa viagem.

Em São Paulo, 20 de Janeiro de 2013

Eduardo Chaves

Anúncios

Sobre Eduardo Chaves

[English] Eduardo Chaves is responsible for this blog. Eduardo Chaves is a writer, lecturer and consultant (private companies, NGOs, schools), and was a professor of philosophy during 45 years, before retiring from the University. Of these 45 years 70% were spent as Professor of Philosophy and History of Education at the University of Campinas (UNICAMP), in Campinas, SP, Brazil, where he worked in the Department of Philosophy and History of Education of the School of Education. His activity as a lecturer and consultant are the interactions between Change, Innovation, and Technology, in special in the area of Education. As a writer, he has been quite active in this over than 30 blogs since 2004. His writing covers the areas of Philosophy, Theology, Education and Politics (especially from the view point of Classical “Laissez-Faire” Liberalism). Secondarily, his blogs also discuss other areas, such as literature, cinema, and, more rarely, the other arts. He also writes on Epistemology and the Philosophy of Science. He was born on the 7th of September of 1943, is married, and has four daughters. He presently lives in a farm in the rural area of Salto, SP, Brasil, with his wife and professional partner Paloma Epprecht e Machado de Campos Chaves, Professor of Education in the Teacher Certification Program of the Federal Institute of Education, Science and Technology in the State of São Paulo (IFSP), Capivari campus. E-mail: eduardo@chaves.pro Portal de Blogs: https://chaves.space/ Fone: +55 (11) 97984-0000 Impressum: Blog published under the responsibility of: Eduardo O E M C Chaves (Ph.D., M.Div., B.D.) E-Mail: eduardo@chaves.pro E-mail: eduardo@chaves.space E-mail: ec@educhv.com E-mail: chaves@liberal.academy Site: https://chaves.space [Português] Eduardo Chaves é o responsável por este blog. Eduardo Chaves é escritor, palestrante e consultor (empresas, ONGs, escolas), tendo sido professor universitário por 45 anos (função da qual está hoje parcialmente aposentado). Desses 45 anos, mais de 70% foram passados como professor de Filosofia da Educação na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), em Campinas, onde por 26 anos foi Professor Titular dessa matéria no Departamento de Filosofia e História da Educação (DEFHE) da Faculdade de Educação (FE). A especialidade em que atua como palestrante e consultor são as interações existentes hoje entre Mudança, Inovação e Tecnologia, em especial na área da Educação. Como escritor, atua principalmente em seus blogs, que cobrem principalmente Filosofia, Teologia, Educação e Política (em especial do ponto de vista Liberalismo Clássico). Secundariamente, seus blogs também discutem outras áreas, como a literatura, o cinema, e, mais raramente, as demais artes. Ele também escreve sobre Epistemologia e Filosofia da Ciência. Ele nasceu em 7 de Setembro de 1943, é casado, e tem quatro filhas. Reside atualmente na zona rural em Salto, SP, Brasil, com sua mulher e parceira profissional, coproprietária deste blog, Paloma Epprecht e Machado de Campos Chaves, professora de educação nas licenciaturas do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), câmpus de Capivari. E-mail: eduardo@chaves.pro Portal de Blogs: https://chaves.space/ Fone: +55 (11) 97984-0000 Impressum: Blog publicado sob a responsabilidade e editoria de: Eduardo O E M C Chaves (Ph.D., M.Div., B.D.) E-Mail: eduardo@chaves.pro E-mail: eduardo@chaves.space E-mail: ec@educhv.com E-mail: chaves@liberal.academy Site: https://chaves.space
Esse post foi publicado em Áustria, Brasil, França, Hungria, Itália, República Tcheca, Suiça. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Fim de jogo

  1. Muito bom…!!!! Gostei do relato final…!!!
    Abraços e Beijos com muito amor e carinho a vocês dois…

  2. joselia lima disse:

    muito bom !!!

  3. Acrescente-se que a Paloma viajou com as meninas para o Uruguai na semana de 29/6 a 6/7/2013. Conheceu Montevideo, Punta del Este, Concórdia del Sacramento — e foi até Buenos Aires pelo Buquebus. Eu, infelizmente, não pude ir junto, por causa de compromissos profissionais. Mas vou querer ir com ela, pelo menos a Concórdia del Sacramento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s